My friend Gil

1998

  • Ângelo Ferreira de Sousa Faculdade de Belas-artes, Faculdade do Porto

Resumo

Portugal, 1998, seguindo os passos da vizinha Espanha, mas com uma prudente modéstia, Lisboa inaugura a sua Expo. A época é de festa, de especulação imobiliária e de banquetes de dinheiro público. Estes grandes eventos festivos internacionais precisam sempre de uma desculpa. Em Portugal, o pretexto é o mesmo de sempre: os descobrimentos portugueses, a vocação universalista e oceânica dos portugueses. Mas, apesar de tudo, os tempos são outros e em vez do "Mundo Português" festejam-se os "Oceanos". O Gil – a simpática mascote oficial – está em todo o lado, em cada esquina, o amigo dos seus sponsors. Eu era estudante da escola de Belas Artes do Porto. Fazia desenhos em folhas A4 que depois fotocopiava e colava pela cidade. Era uma estratégia barata de curto-circuitar os percursos habituais das obras de arte, tanto os comerciais quanto os institucionais. A imagem do Gil abraçado a uma garrafa de um famoso refrigerante estadunidense – para o qual Álvaro de Campos escreveu um malogrado slogan publicitário – pareceu-me uma vítima ideal. A política externa dos EUA, e a sua longa história de campanhas bélicas, infelizmente sempre atual, era, aqui também, uma estratégia de ridicularizar a subserviência do pequeno Portugal.

Biografia Autor

Ângelo Ferreira de Sousa, Faculdade de Belas-artes, Faculdade do Porto

Ângelo Ferreira de Sousa nasceu no Porto em 1975. Licenciou-se em artes plásticas (pintura) na Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto. Membro fundador do espaço Caldeira 213 (1999/2002).Artista residente em Hangar, Barcelona, tendo sido bolseiro da mesma instituição em mais duas residências: Marselha (Triangle - France) e em Roterdão (Duende Studios).
Foi ainda bolseiro do governo da Catalunha no projeto "Schengen sem esforço" e é artista residente no espaço The Window, Paris, dirigido por Catherine Baÿ. Tem trabalhado como tradutor literário para diversas editoras, entre as quais: Relógio d'Água, Cotovia, Combate. É membro da companhia de teatro Artistas Unidos (Lisboa), enquanto tradutor. Tem exposto regularmente desde 1996.

www.angeloferreiradesousa.net

Publicado
29-06-2020
Como Citar
Ferreira de Sousa, Ângelo. (2020). My friend Gil. Língua-Lugar : Literatura, História, Estudos Culturais, (1), 126 - 134. https://doi.org/10.34913/journals/lingua-lugar.2020.e213